Domingo, 1 de Julho de 2007

Acanac



Está a aproximar-se a passos largos o Acanac – Acampamento Nacional de Escuteiros. São esperados cerca de 8000 escuteiros no novo campo de actividades nacional em Monte Trigo - Idanha-a-Nova, distrito de Castelo Branco entre os dias 31 de Julho e 6 de Agosto.


De Pevidém irão participar 39 elementos, divididos pelas 4 secções, a saber: 8 Lobitos, 8 Exploradores, 16 Pioneiros e 2 Caminheiros acompanhados por 5 dirigentes. Será a primeira vez que o agrupamento de Pevidém participa com todas as secções num acampamento nacional, que se realiza apenas de 5 em 5 anos.


Durante o último ano foram vários os esforços e provas realizadas que todas as secções tiveram de superar para terem direito a estarem presentes neste acampamento, que será único, uma vez que estamos em ano de celebrações do centenário do escutismo.

 

Será uma oportunidade extraordinária para novas vivências e aplicação do método escutista, assim como será certamente uma experiência que ficará marcada no percurso escutista de todos os que vão estar presentes.

publicado por agr546 às 15:47
link | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 14 de Junho de 2007

Acampamento de Aniversário

"Reviver Brownsea"

No passado fim de semana, 9 e 10 de Junho, o nosso agrupamento esteve acampado. Comemoramos 29 anos de existência e festejamos a data num acampamento com todo o agrupamento onde se celebraram também as promessas dos novos elementos.

O acampamento realizado no nosso campo de actividades começou bem cedo, no sábado de manhã já estávamos de mochila às costas junto da sede, para recebermos ordem de partida. Para darmos início à actividade, os dirigentes tinham preparado um Jogo pela Vila de Pevidém. Foi feita uma apresentação do tema do acampamento, onde a ideia era celebrar os 100 anos de Escutismo a nível mundial, e reviver o primeiro acampamento na Ilha de Brownsea em 1907.



Pusemos então pés ao caminho, e fomos divididos em 4 patrulhas, Touro, Corvo, Maçarico e Lobo, como fez Baden Powell no primeiro acampamento. O jogo consistia em conhecer como seria a Vila de Pevidém há 100 atrás. Cada Patrulha tinha um trilho diferente, onde procurava recolher o máximo de informação sobre o seu trilho. Pão, Indústria, Brasões e Igrelas, eram estes os trilhos de cada uma das patrulhas.

Durante o jogo, onde recolhíamos o máximo de informação para podermos à noite apresentar no Fogo de Conselho, haviam outras provas que tínhamos que ultrapassar em vários postos por onde íamos passando. Essas provas, eram todas provas idênticas àquelas que BP fez há 100 anos no primeiro acampamento em Brownsea. Haviam jogos de socorrismo, reconhecimento de pegadas, jogos de observação, entre outros.



Durante esse Jogo de Vila, foi ainda proposto que preparássemos uma apresentação, em forma teatral, para o fogo de Conselho, sobre uma Individualidade de Pevidém. Haviam 4 diferentes, uma para cada trilho: Francisco Inácio, Albano Coelho Lima, Pde José Gonçalves e D. Guilherme Augusto.

O jogo acabou com a chegada à "Ilha de Brownsea" que era o nosso campo de actividades, onde chegamos num barco, simulando a travessia do mar, montamos o campo e preparamos-nos para a Eucaristia, que teve lugar na Igreja de S.Miguel do Paraíso, onde se realizaram as promessas dos novos elementos.



À noite houve ainda tempo para o Fogo de Conselho, onde foram apresentadas os trabalhos feitos durante o dia sobre os vários temas. A animação e a alegria tradicionais deste momento de encontro ao final do dia estiveram sempre presentes.

Mas para alguns a noite ainda tinha surpresas. Foi o caso de Exploradores e Pioneiros que tiveram ainda actividades nocturnas. Os Exploradores fizeram um jogo de reconhecimento, onde era necessário recorrerem à entreajuda e espírito de grupo para o superarem, por outro lado os Pioneiros tiverem tarefa mais árdua, um raide nocturno que os levou até ao Sameiro em Braga, todo ele orientado por carta topográfica.

No Domingo, e como a noite foi bastante chuvosa e o tempo teimava em não melhorar, fizemos as actividades que estavam preparadas para a manhã na nossa sede, até à hora de almoça, altura em que demos por terminada esta aventura.
publicado por agr546 às 18:07
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Junho de 2007

Pioneiros rumo ao Acanac



Os Pioneiros de Pevidém realizaram um acampamento nos dias 19 a 20 de Maio. Esse acampamento teve lugar no nosso campo, no Paraíso. Esta actividade teve como objectivos, além do desenvolvimento do espírito de grupo e do aperfeiçoamento das nossas técnicas, a realização de tendas suspensas com o objectivo de preparar o Acanac.

 

O dia estava fantástico e por isso o nosso entusiasmo, alegria e ansiedade eram notórios. Depois de uma pequena oração, pusemos as mochilas às costas e dirigimo-nos para o campo. Iniciamos entretanto a actividade, prolongando-se pelo resto do dia! Já a chegar o final do dia, as tendas encontravam-se inacabadas… Todos nós colocamos a hipótese de que nunca mais iríamos acabar e por isso não atingiríamos o objectivo que os chefes nos tinham proposto. Mas como o espírito de grupo manteve-se e “a esperança é a última a morrer”, demos o nosso melhor. A verdade é que, em duas horas, as tendas estavam prontas para nos acolher. Estavam simplesmente magníficas! Fomos jantar, seguido de um momento de reflexão e troca de opiniões em relação ao dia e claro, um pouco de convívio entre todos.

 

Já no Domingo, o dia não era dos melhores. Estava escuro e chuvoso mas nem assim estragou a felicidade de acordarmos e vermos que não caímos durante a noite, ou seja, as tendas mantinham-se firmes, e hirtas! Depois da arrumação do campo, dirigimo-nos para o centro de Pevidém, para podermos participar na Eucaristia.

 

Chegou ao fim o nosso acampamento, sem deixar de proferir que foi bastante construtivo e produtivo uma vez que aplicamos muitos dos nossos conhecimentos escutistas, desde a construção, passando pelo modo de como e quando deveremos recorrer às árvores, acabando por aplicar o pioneirismo. Foi, acima de tudo, um acampamento indispensável para o desenvolvimento das nossas capacidades escutistas. Podemos afirmar que foi um “estágio” para o acampamento que nos espera, o Acanac…

publicado por agr546 às 20:43
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

Parque Biológico de Gaia

Já é tradição, dia 1 de Maio há actividade do Círculo Oeste da Primeira Secção do Núcleo de Guimarães. 215 Lobitos e 47 Dirigentes e CIL's distribuídos por 5 autocarros deslocaram-se até ao Parque Biológico de Gaia para a realização da actividade.

A manhã não era famosa, e o sol teimava em não aparecer. Mas, às 8 horas em ponto, já se reuniam os lobitos para a partida que estava marcada para as 8h20. Ainda faltavam os lobitos de S.Cristovão, e só depois em Silvares é que era dada a partida, por volta das 9 horas em direcção a Gaia.

O Caminho era curto, e apenas com uma pausa, chegou-se ao Parque pouco depois das 10h da manhã. O tempo mostrava-se melhor, e era altura de jogar! Eram muitos os jogos que já estavam preparados, e todos queriam jogar. Depois de alguns trambolhões, algumas corridas, boa disposição e espírito de equipa era altura de almoçar e preparar a caminhada que estava programada para depois de almoço.



Reabastecidas baterias era tempo de fazer todo o percurso da quinta. 2800 metros em caminhos pedestres, recheados de fauna e flora que não estamos habituados a observar. Os Lobitos estavam encantados com a "bicharada" e num jogo de reconhecimento iam recolhendo o máximo de informação durante o percurso.

Mais de 2 horas depois, o percurso acabava e já era altura do lanche, antes da cerimónia de encerramento e distribuição das lembranças. O Regresso foi animado com canções e muita boa disposição!
publicado por agr546 às 12:18
link | comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Maio de 2007

Tasquinha dos Escuteiros

Fim de semana de festa e muito trabalho. Começou antes de sexta com toda a preparação, prolongou-se pelo fim-de-semana e durou até terça feira com as desmontagens.

A "Tasquinha dos Escuteiros" é assim que é conhecida a nossa tradicional tasquinha montada propositadamente durante as festas em honra de S.Jorge, o padroeiro da nossa Vila.



O tempo sorria e o trabalho apertava, mas quando se juntam escuteiros tudo parece mais fácil de fazer. Encontra-se sempre uma solução! O local é improvisado, mas de ano para ano torna-se mais agradável, principalmente enquanto a chuva não aparece...

Durante o fim de semana servimos mais de 200 refeições e muitos mais petiscos enquanto decorria a tradicional romaria. Esta é, habitualmente, uma das maiores fontes de receita do nosso agrupamento, e este ano não fugiu à regra.

Para o ano lá estaremos, para mais um fim de semana de trabalho, em que nos desdobramos em tarefas, mas que, com o esforço de todos custa um pouco menos!

Ah! E no sábado houve Quim Barreiros...
publicado por agr546 às 22:56
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

Recordar é viver # 2

Pevidém Fashion


Estavamos no final de 2000, quando numa reunião do Clã surgiu a ideia de se fazer algo diferente. O objectivo era a angariação de fundos, mas a ideia de se fazer algo virado para a comunidade também foi visto como um bom tónico. Nasceu assim a ideia de se realizar o primeiro Pevidém Fashion.



O objectivo passava então por se fazer a divulgação do comércio local que se dedicava à indústria do vestuário e com isso conseguirmos angariar alguns fundos que pudessem custear as nossas actividades escutistas.

Com bastante esforço, e a ajuda de alguns comerciantes a ideia começou a ganhar forma e já havia data marcada. 21 de Abril de 2001.

Numa noite cheia de beleza, mais de 400 pessoas encheram por completo o Salão Paroquial de Pevidém. Os modelos eram todos da terra, assim como tudo o que se mostrava em cima da passerelle. A iniciativa foi um sucesso em todas as suas vertentes, e viria a repetir-se no ano seguinte.
publicado por agr546 às 19:33
link | comentar | favorito
Domingo, 15 de Abril de 2007

Recordar é viver # 1

Drave

"Drave é um lugar fantástico! Ali, longe de tudo, podemos encontrar-nos com nós próprios num hino à espiritualidade."




Já lá vão mais de 3 anos desde a minha primeira ida a Drave. Foi em 2003 numa altura em que o meu percurso como Caminheiro estava perto do fim. Recordo bem essa actividade, e não a esquecerei facilmente. Quando nos pusemos em marcha pela montanha abaixo, o frio apertava, mas com o passar do tempo o calor do corpo fazia esquecê-lo. O caminho era duro, mas a vontade de chegar era muita. A paisagem era fantástica, a natureza no seu esplendor. Alguns quilómetros mais tarde, eis que avistamos a aldeia, bem lá em baixo, perto do riacho que a rega. A Igreja destacava-se pela sua cor "cálida", mas a aldeia era toda ela em xisto, a pedra da região. link

Em 2005 o Clã de Pevidém voltou a Drave. Eu tive a honra de também fazer parte da equipa, embora já não pertence-se ao Clã. Fomos um dos Clãs hospedeiros, numa actividade em que foram 6 os clãs que se fizeram representar. Houve tempo para Partilha, Encontro e Serviço. Serviço na ajuda da reconstrução da aldeia, Encontro com Deus na procura da nossa espiritualidade e Partilha de experiências com outros clãs. link1; Link2

Drave é um lugar único por toda a sua envolvência, e obrigatório no percurso de todos os caminheiros.

NG
publicado por agr546 às 12:30
link | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

Cicloturismo

O Cicloturismo é uma das actividades de referência do nosso agrupamento. Já lá vão 16 edições deste convívio desde a sua primeira edição em 1990. A actividade foi sempre acompanhada do lema "Pedalar p'ro futuro" uma alusão, que convidava os jovens a pedalarem para um futuro melhor.

Nos primeiros anos a actividade teve uma aceitação bastante razoável, tornando-se parte integrante do programa de actividades de vários agrupamentos do núcleo de Guimarães. Mas o crescimento era de tal forma, que houve a necessidade de alargar a actividade a toda a região de Braga.



Todos os anos cerca de 300 escuteiros pedalavam num percurso que ligava Pevidém às Taipas, com uma passagem pela cidade de Guimarães. Haviam prémios para as bicicletas mais originais, para o melhor grupo, entre outros.

Este ano e numa postura de dar um pouco de vida nova à actividade, os moldes foram totalmente alterados. Vamos fazer algo completamente novo, mantemos o lema "Pedalar p'ro Futuro" mas a actividade será ainda mais ligada à natureza e ao meio ambiente.
publicado por agr546 às 12:08
link | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

Visita Pascal



O Domingo estava soalheiro, e adivinhava-se um bom dia de Páscoa. Foram 18 as cruzes que este ano saíram da Igreja Matriz formando o compasso pascal, que englobava quase uma centena de pessoas, das quais a grande maioria eram escuteiros, como habitual.

A visita era apressada porque o tempo não era muito, mas a alegria do anúncio da ressurreição de Cristo estava sempre presente. A campainha marcava o ritmo e anunciava a chegada do compasso, e todos, dos mais jovens até aos menos jovens beijavam a cruz em sinal de respeito pela presença do Senhor em suas casas.

De casa em casa, recolhendo os folares e as amêndoas pelo caminho, o tempo era cada vez mais escasso e as pernas já mostravam algum cansaço, mas a tradição diz que aqui a visita é feita até à hora de almoço, e assim foi.

Com o sentido de serviço prestado em nome da paróquia, os escuteiros ajudam "teimosamente" em manter viva esta tradição das nossas terras, levando o anúncio de lar em lar da ressurreição do Senhor.
publicado por agr546 às 01:06
link | comentar | favorito
Domingo, 1 de Abril de 2007

Via Sacra

Uma das actividades de referência do nosso agrupamento, é a participação anual na Via Sacra, uma encenação ao vivo realizada pela paróquia de Selho S. Jorge. Este ano, mais uma vez, participamos de forma activa, preparamos todo o percurso, o calvário final, ajudamos na encenação e na organização em geral.





Numa noite carregada pelo muito frio que se fazia sentir, Jesus percorreu vários locais da Vila de Pevidém, encenando as diferentes estações, num percurso que o levava até a um dos lugares mais altos da Vila, o "Monte da Santa".  Era ali que estava montado o calvário.

Mais de uma centena de pessoas acompanhou todo o percurso, apreciando de perto as encenações que eram realizadas em cada estação. Num trabalho que englobou cerca de 20 figurantes, foram recriados ao pormenor os momentos mais importantes dos últimos dias de Jesus Cristo.
publicado por agr546 às 12:25
link | comentar | favorito

.Ligações

.Últimos posts

. Acanac

. Acampamento de Aniversári...

. Pioneiros rumo ao Acanac

. Parque Biológico de Gaia

. Tasquinha dos Escuteiros

. Recordar é viver # 2

. Recordar é viver # 1

. Cicloturismo

. Visita Pascal

. Via Sacra

.Arquivos

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.Pesquisar neste blog

 
blogs SAPO

.subscrever feeds